PHs e seus perfis...

Ir em baixo

PHs e seus perfis...

Mensagem  adri.brandao em Sab 16 Out - 23:19

ProHormonios e seus perfis...:

M14ADD:

Nomenclatura: 17a-metil-1,4-androstadiene-3b,17b-diol ou 17a-methyl androst-1,4-dieno-3b,17b-diol

Essencialmente este pró-hormônio se converte para o designer steroid mais popular de todos os tempos: dianabol. As taxas de conversão são em torno de 15% (geralmente discutido).
O d-bol, é 17a-metilado (o que significa que toxicidade ao fígado é esperada), e pode aromatizar em um potente estrogeno metilado (o que torna gino uma possibilidade).
A retenção de água é também provável que seja um problema, perdendo-se parte do peso e da força adquirida durante o ciclo.
Ciclos são tipicamente 90 - 120mg por dia durante quatro a seis semanas.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

H-Drol:

Nomenclatura: 4-chloro-17a-metil-androst-1,4-dieno-3b,17b-diol

Originalmente trazido ao mercado pela Gaspari Nutrition como "Halodrol 50", este composto é a versão diol do esteróide, Oral Turinabol (4 Chlorodehydromethyltestosterone), que ficou conhecido quando os alemães do leste estavam tomando para os Jogos Olímpicos no final dos anos 60 e inicio dos anos 70. Basicamente h-drol é o M14ADD com um átomo de cloro ligado na posição 4. Este grupo de 4-cloro impede tanto aromatização (conversão do composto em estrogeno) quanto a 5-redução (conversão para um esteróide baseado em DHT), o que significa que a ginecomastia e os efeitos androgênicos, como a perda de cabelo são muito menos preocupantes, e a retenção de água, tbm não é um problema.
As dosagens ficam por 75mg por dia durante seis semanas. Como primeiro ciclo, 50mg podem ser eficaz, embora os mais experientes podem tentar 100mg. Efeitos colaterais comuns incluem a aumento da pressão arterial e "back pumps", e por ser metilado há um grau leve de hepatotoxicidade.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

E-Stane:


Trata-se de um derivado de uma droga japonesa de cancer de mama, epitiostanol. Embora seja um esteróide ativo e não um prohormonio, alguns resultados do epi é devido à conversão de Putifar (desoxymethyltestosterone - ou DMT, P-Plex, Phera-Plex... Para mais info, leia o tópico: http://www.hipertrof...76&#entry264676 ) dentro do corpo. Uma série de mitos e enganos circundam este esteróide. Os ganhos são de muito massa magra e seca (por isso um "joint support" seria recomendado) e alguma perda de gordura pode ser experimentado (depende da dieta e de formação).
Ciclos são tipicamente de 30 - 40mg por dia durante quatro a seis semanas, seguido por um protocolo PCT SERM para evitar "gino rebote".

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Stanodrol:

Nomenclatura: 3β-hydroxyetioallocholan-17-um, 3β-hidroxi-5α-androstan-17-um
Sinônimos: Epiandrosterona, androhard

Este é um pró-hormonio metabolito da testosterona DHT (dihidrotestosterona) que ocorre naturalmente. Exige uma conversão em duas etapas (através de 3b-HSD e 17b-HSD). É muito androgênica e não particularmente anabolica, por isso você deverá obter um efeito de endurecimento da massa magra, melhor agressão nos treinos, e um efeito positivo sobre a libido, mas provavelmente deve ser evitado por pessoas com propensão a 'MPB' ou problemas de próstata. Eu não o usaria sozinho, mas pode valer a pena combar com alguma coisa para compensar alguns dos efeitos colaterais dos outros compostos (por exemplo, se a outra droga causa baixa na libido ou letargia).

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

M-LMG:


Nomenclatura: 13-etil-3-metoxi-gona-2, 5 (10)-dieno-17-um
Sinônimos: Max LMG, 13-etil-tren

Originalmente trazido ao mercado como Max-LMG pela ALRi, essa 'coisa' parece estruturalmente similar a alguns dos esteróides indetectáveis (na época), utilizados no escândalo Balco.
A maioria dos esteróides são andrógenos, isto é, eles têm 19 átomos de carbono (17 em anéis de carbono do núcleo esteranos, além de dois grupos metila ligado ao C10 e C13). Estranos (mais comumente referidos como "19-NOR") não tem grupo metila em C10 (significando que não há carbono na posição 19). 'Gonanes' não têm metila ligado ao C10 e C13. M-LMG cai na categoria 'gonane' por não ter grupos metila, em vez disso, tem um grupo etila no C13. Eu suspeito afinidade ao receptor de progesterona, mas seja como um agonista ou antagonista não sei. Relatos de usuários sugerem que se é usado para bulk e que apresentem riscos de ginecomastia em ciclos, com efeitos sobre a libido variando de usuário para usuário. Sugiro ciclos de 4-6 semanas em doses recomendadas pelo fabricante e em usuários que não têm predisposição para a ginecomastia.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

M-Drol:

Nomenclatura: 17β-hidroxi-2α,17α-dimetil-5α-androstano-3-ona ou 2-A,17-dimetil-etiocholan-3-one,17b-ol ou (mais precisamente), 2a,17a-dimetil-3-etioallocholan um,17b-ol
Sinônimos: Masteron Methyl Superdrol, Methasterone

Originalmente trazido ao mercado pela Designer Supplements (até então licenciado à Anabolic Xtreme), este esteróide designer é uma versão de 17-metilado do esteroide injetável Masteron. Como sabemos, a metilação-17 não apenas aumenta a biodisponibilidade oral, como tambem muda o efeito do esteróide. Pode ser, portanto, mais útil considerar o Superdrol como a versão 17a-metil-DHT com um adicional de 2-metil (grupos metila em C1, C2 , 17, e 7a, todos aumentam a atividade anabólica). Na verdade, Superdrol é um dos esteróides anabólicos mais potentes já trazidos ao mercado. Infelizmente, é também um dos mais tóxicos, como evidenciado por uma série de estudos de casos médicos de pessoas hospitalizadas com icterícia (Doença caracterizada por certa amarelidão na pele e na esclerótica) ou pior. É por esta razão que os ciclos devem ter curta duração e com doses relativamente baixas. Devido à sua estrutura, não pode aromatizar, o que significa que gine é tipico no pós-ciclo. Durante o ciclo, letargia é comum, assim como 'back pumps'. Por favor, ignore as pessoas que sugerem que o CEL M-drol é uma versão "b-isômero" inferior do Superdrol, citando a nomenclatura como prova. O fato de que rotulá-la etiocholan em vez de etioallocholan é um erro de rotulagem, não uma indicação de que ele contém o composto errado. Pessoas que afirmam que ele é o isômero 5b reduzida não conseguem entender a enorme diferença que faz na forma do esteróide (dobra o anel A fora do plano do esteróide), que reduz drasticamente a afinidade de ligação ao receptor (5a-DHT tem 173 vezes afinidade mais forte de ligação do que o 5b-DHT por exemplo). Para ser franco, se fosse a versão 5b não iria funcionar (o que faz, por isso não é).
Os ciclos são geralmente 10 - 30 mg por três a quatro semanas, seguido por um protocolo PCT SERM.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

P-Plex:

Nomenclatura: 17a-methyl-etioallocholan-2-ene-17b-ol ou 17a-methyl-5a-androst-2-ene-17b-ol
Sinônimos: Desoxymethyltestosterone, Madol, Phera-Plex

Este esteróide há muito esquecido, patenteado em 1960, mas nunca comercializado legalmente, foi redescoberto e distribuído aos atletas, como parte do escândalo Balco. Estruturalmente é uma versão 17-metilado de um feromônio natural (natural de elefantes), que é de onde vem seu nome. Devido às técnicas de síntese imperfeita (e na dificuldade de separação), o Phera disponível comercialmente é na verdade uma mistura de isomeros 2-eno e 3-eno. Algumas das atividades da Phera pode estar relacionado com o seu metabolismo do corpo em dihydro-dihydroxy-desoxymethyltestosterone (foto).

Moderadamente androgênica e altamente anabólica, essa droga poderosa causa rápido aumento no tamanho e na força e os usuários freqüentemente relatam uma euforia leve e libido aumentada. Embora ele não possa aromatizar, os usuários podem experimentar alguns inchaços ou retenção de água que podem estar relacionadas com a alimentação/dieta. Por ser metilado, a saúde do fígado deve ser a principal preocupação quando se encara a duração do ciclo e dosagem, e eu sugiro 30mg - 45mg por quatro a seis semanas, seguido por um protocolo PCT adequado.
Este esteróide tornou-se uma droga de classe C, controlada no Reino Unido em dezembro de 2009, tornando-se ilegal a venda (ou posse em quantidades de distribuição), e foi programado em janeiro 2010 nos E.U., tornando-se ilegal vender ou possuir.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

X-Tren:

Nomenclatura: 19-Norandrosta-4,9 diene-3,17 diona ou estra-4,9 diene-3,17 diona

Apesar de ser conhecido como "tren", este prohormone não pode converter a trembolona, em vez disso, se converte ao hormônio alvo similar ao dienolone, que tem uma razão anabolico:androgênico de 10:1. Sendo um dione (e, portanto, sem a 17b-OH comum a todos os esteróides eficaz) eu esperaria este composto ter pouca ou nenhuma afinidade com o receptor de andrógeno na sua configuração atual. Felizmente, o corpo pode converter a cetona para um grupo hidroxila através da enzima 17b-HSD, o que o tornará muito mais eficaz.
Este composto deve trazer força, ganhos magros, um aumento na vascularização, dureza muscular e perda de gordura acelerada.
Suplementos de apoio devem ser inclusos: um produto anti-prolactina, como Vitex, B6 ou P5P, e um suplemento para a pressão arterial comum como a semente de aipo ou uma baga de Hawthorne. Apesar de não ser 17a-metilado, os resultados dos testes de sangue normalmente revelam um grau de stress hepático semelhante aos compostos metilados como h-drol ou epi. O "Shutdown" é geralmente elevado, com a maioria dos usuários experimentando(temporária) atrofia testicular e perda da libido. Ciclos mais comuns são de 90-120mg de quatro a seis semanas, seguido por um protocolo PCT SERM.
Este composto ser tornou ilegal nos Estados Unidos a partir de janeiro 2010, mas continua não proibido no Reino Unido (no momento da escrita).

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Alpha One:


Nomenclatura: metil-1-Etiocholenolol-Epietiocholanolone ou 17a-metil-1-androstene-3b, 17b-diol

Originalmente comercializado pela Legal Gear como metil-1-Alpha, esta é a versão 17a-metilado do 1-AD, então, como 1-AD converte em 1-Testo, M1-AD converte a M1T (aka Methyl 1-testosterona). Enquanto M1T é proibido nos E.U., não existe, atualmente, qualquer legislação contra este prohormonio.
De acordo com a 'Vida', é tão androgênico quanto m1t, mas cerca de quatro vezes mais anabólica (M1T é aproximadamente duas vezes tão forte como M1A em ambos os casos, segundo a mesma fonte). A taxa de conversão M1T deve ser bastante elevada, além de sua configuração inalterada diol eu esperaria alguma afinidade ao receptor. Methyl-1-Testo é altamente hepatotóxica (mais do que a maioria dos orais metilados), e eu não vejo porque isso seria marcado como menos, uma vez que ambos são 17-metilado (que impede a desativação através do metabolismo da 17b-OH), e a estrutura de ligação covalente é a mesma. Isso me preocupa, pois as pessoas normalmente tomam doses de M1A varias vezes maiores que a de M1T. Eu acho que o exame de sangue dirá. Eu não recomendaria este composto para iniciantes. Força e ganhos de volume, devem ser rápidos e profundos, com grande parte devido à retenção de água. Os efeitos colaterais podem incluir (mas não estão limitados a) a pressão arterial elevada, letargia, dor nas costas, perda do desejo sexual, e mudanças adversas nas subfrações de lipoproteínas. Embora no papel nem este composto, nem os seus metabolitos aromatizam, a abundância de usuários de M1T que relataram gino durante o ciclo, mostra que seria prudente assumir um grau de risco com este composto.
A duração do ciclo deve ser curto e com doses relativamente baixas: 2-4 semanas a 20 - 40mg (alguns usuários optam por ir até 60mg), seguido por um protocolo PCT SERM adequado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cynostane:
Nomenclatura: 2-cyano-17a-methyl-17b-hydroxy-androst-3-1

Cynostane é um composto anabolizante com ação androgênica extremamente baixa, tornando-se qualitativamente semelhante ao Epistane. Tratando-se de um composto que não-aromatiza, não produzirá efeitos secundários mediados via estrogénos e seu alto grau de ação anabólica o torna uma opção favorável para os atletas que buscam perda de gordura corporal, mantendo ou aumentando, a massa muscular. Enquanto Epistane supostamente dá dor nas articulações, cynostane não tem esse efeito. Usuários descobriram que eles ganharam mais peso e força com o cynostane do que com o epistane.

Efeitos Colaterais:
Exame de sangue conduzido por usuários de Cynostane mostra que ele tem um efeito mais favorável sobre os lipídios do sangue, e dos valores do fígado do que usuários de epistane.

Embora as informações e relatos sejam limitados, a combinação de baixa ação androgênica, a falta de aromatização em estrogeno, e baixo nível de efeitos colaterias para a saúde geral, faz de cynostane um composto produzindo muito pouco, se houver, os efeitos colaterais em comparação com outras HPs.

Comparação de Cynostane alguns outros compostos:
-Superdrol: Maior aumento de peso do que o Cynostane, mas Superdrol causa inchaço, enquanto Cynostane, não. Superdrol causa pele oleosa e acne, enquanto Cynostane não. Os ganhos de força com Cynostane não foram tão grandes como com Superdrol, mas muito perto. Os ganhos de força com Cynostane foram maiores do que todos os compostos, exceto Superdrol. Superdrol causa 'back pump' e letargia horrível, Cynostane não.

-H-Drol: H-Drol é bom em doses muito elevadas (você precisa de dois potes). H-drol causou alguns efeitos de endurecimento moderados. Os efeitos do endurecimento Cynostane eram muito maiores do que com o H-Drol. H-Drol não da efeitos colaterais, semelhante ao Cynostane. Cynostane dá maiores ganhos de força e ganho de peso semelhante ao H-drol.

-Epistane: Epistane foi semelhante ao Cynostane no fato de que nenhum dos dois dão efeitos colaterais ou retenção de agua. Epistane causa dor nas articulações, enquanto cynostane não. Cynostane causou maior ganho de peso e ganho mais força do que Epistane.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

D-Plex:

Nomenclatura: 17a-metil-5a-androstan-17b-ol-3-one oxima ou 17a-metil-5a-androstan-17b-ol-3-hydroxyimine ou 17a-metil-etioallocholan-17b-ol-3 hydroxyimine
Sinônimos: d-plex, the one

Originalmente comercializado (agressivamente), como "The One" pela Applied Nutriceuticals, este é essencialmente mestanolona (metil-DHT) com um grupo 3-oxima.
Os dados de 'Vida' parecem promissores, demonstrando um potencial anabolico de quase quatro vezes maior do que a testosterona, com qualidades androgenicas de apenas ligeiramente superior à testo. Isso não leva em conta, entretanto, a diferença de que a administração foi injetada, ao passo que D-Plex é tomado por via oral.
Tomado por via oral, o grupo oxima deve ser eficientemente hidrolisado pelos ácidos do estômago, deixando metil-DHT simples, e por isso pode ser considerado um pró-hormônio para ele. Alguns sobrevivem ao banho de ácido, e o resultado será experimentado em parte, do metabolito de mestanolona, e em parte do composto, como descrito por 'Vida'.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Protodrol:
Nomenclatura: 17a-metil-5a-androst-17b-ol, ou 17a-metil-17b-hidroxi-5-androstano ou 17a-metil-etioallocholane-17b-ol, ou 17-methylandrostan-17-ol
Sinônimos: Protodrol, desoxymestanolone, desoxymethyldihydrotestosterone

Antes de ser lançado como "Protodrol" por iForce Nutrition, este composto foi mencionado no livro de 'Vida', bem como um par de estudos médicos e, como muitos dos designer streoids, foi sintetizado em um ponto por Patrick Arnold.
Se você pensou que a nomenclatura se parece muito com o metil DHT, você esta certo. Este composto é o metil-DHT sem os 3-cetona (assim, poderia ser descrito como mestanolona 3-desoxi).
A 3-cetona geralmente aumenta a atividade, então poderia-se supor que Metil-DHT seria mais forte do que o seu desoxi primo Protodrol, porém os dados de 'Vida' sugerem o contrário (vale a pena lembrar que as diferentes fontes de 'Vida' cita frequentemente diferentes valores para os mesmos compostos, de modo que não deve ser tomado como verdade absoluta).
No entanto, o principal ponto de comercialização de Protodrol não era o seu potencial anabólico ou androgênica, foi a promessa de ser o único 17a-methil a ser seguro para o fígado.
Apesar do número relativamente pequeno de casos sintomáticos de lesão hepática causada por esteróides metilados, a saúde do fígado é uma preocupação séria (até porque pelo tempo que são sintomáticos, já se está em um mau caminho). O principal método pelo qual os esteróides 17-alquilados induzem lesões no fígado, é causando uma condição conhecida como colestase, que o fígado é incapaz de excretar toxinas no intestino, através dos canais biliares. Em vez disso, o fígado retém resíduos de produtos como bilirrubina que começam a vazar para a corrente sanguínea (causando a coloração amarelada nos olhos e na pele conhecida como icterícia). Esta condição é geralmente reversível.
Bromossulfoftaleína (BSP) é um ânion orgânico relativamente não tóxico utilizado in vivo como um indicador de desempenho do fígado. Eliminação da BSP através do sistema biliar após injeção iv requer dissociação da albumina no plasma, translocação através da membrana sinusoidal, conjugação com glutationa dentro do hepatócito, translocação através da membrana canalicular biliar e a excreção na bile.
Como você pode ver, se as doses de protodrol não prejudicam a função das vias biliares nos coelhos em doses tão altas, que é um bom augúrio para uso humano. No entanto, não exclui a possibilidade de toxicidade hepática por outros mecanismos.

Mas o que protodrol faz?
Voltando a 2005, vejamos o que Patrick Arnold teve a dizer sobre o composto:
"Postado Originalmente por Patrick Arnold
Eu tinha algumas pessoas para experimentá-la (protodrol) e um cara em especial que era um velho amigo na cidade e era a minha cobaia para o material, já de volta quando eu estava fazendo 4-AD e o seu análogo. Enfim, o cara volta depois de seis semanas e diz: "Que diabos foi aquilo?" Eu perguntei o que ele queria dizer e ele disse que é a melhor coisa que ele ja tinha tomado. Ele teve ganhos de limpos e se sentiu muito bem e sua força tinha aumentado consideravelmente."

É claro que, desde então, houveram muito mais pessoas que utilizaram o composto, e assim para as instruções de dosagem e expectativas do ciclo, seria sensato consultar relatos de outros usuários

*Special thanks to henryv
*http://www.modernfitnessforum.com/showthread.php?4344-Prohormone-and-Designer-Steroid-Profiles

adri.brandao

Mensagens : 35
Data de inscrição : 16/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum